Banner rotativo

    Eleições: Campo Largo perde representatividade na Assembleia Legislativa

    0

    PublicidadePrint

    Mesmo com mais de 86 mil eleitores, Campo Largo não conseguiu eleger nenhum de seus candidatos a deputado estadual no pleito de ontem, dia 07 e perde sua representatividade na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep-PR), conquistada nas eleições de 2014, quando foi eleito o deputado estadual Alexandre Guimarães (PSD). Alexandre Guimarães tentou a reeleição, mas não obteve votos necessários para ser eleito.

    O deputado, da coligação PSD/PSC recebeu 25.300 votos, aproximadamente 10 mil votos a menos do que a última candidata do mesmo grupo que conseguiu a eleição, Mabel Canto.

    Alexandre permanece como deputado até 31 de dezembro deste ano. Ele assumiu o cargo na Assembleia Legislativa em janeiro de 2015. Até a eleição de Alexandre, Campo Largo, estava sem representante na Assembleia Legislativa desde a década de 90, quando o empresário Acyr Mezzadri ocupou uma vaga na Alep.  Ele atuou na 10ª Legislatura (1983 a 1986) e foi reeleito para a 11ª Legislatura (1987 a 1990) pelo PMDB. Antes de Mezzadri, no final da década de 70, outro empresário de Campo Largo também foi eleito como deputado estadual. Carlos Gerônimo Zanlorenzi foi deputado durante a 9ª Legislatura, entre os anos de 1979 e 1982.

    Outros candidatos

    Já o candidato a deputado estadual Maurício Rivabem (DEM), vice-prefeito de Campo Largo, conseguiu fazer nas urnas 8.574 votos e a candidata Marcia Barausse (PSB) obteve 641 votos.

    Para deputado federal, o candidato de Campo Largo que obteve o maior número de votos foi Edson Basso, com a preferência de 11.001 eleitores. Em seguida, o mais votado foi Fabiano Andreassa, com 3.038 votos. O vereador Toninho Ferreira recebeu 2.492 votos e a candidata Daniele Schatz teve 1.417 votos. Para Senador, Luiz Adão Marques recebeu 87.066 de votos, mas não foi eleito.

    Votação em Campo Largo

    Nas seções eleitorais de Campo Largo, o candidato a deputado federal mais votado foi Edson Basso, que obteve na cidade 8.461 votos. Deputado federal eleito, Luis Felipe Bonatto Francischini foi o segundo mais votado pelos eleitores do município, com 4.339 votos; seguido de Gilson Cardoso Fahur, com 2.919 votos e Fabiano Andreassa, com 2.664 votos.

    Para deputado estadual, o mais votado nas urnas em Campo Largo foi Fernando Francischini (eleito), com 8.114 votos; seguido de Mauricio Rivabem, com 7.368 votos e Alexandre Guimarães (6.601).

    Para o Senado, o mais votado em Campo Largo foi Oriovisto Guimarães 33.845 votos, seguido de Flávio Arns (24.570), Requião (15.797), Alex Canziani (8.034) e Luiz Adão (4.824).

    Confira abaixo, na galeria, os votos conquistados pelos candidatos em Campo Largo:

     

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome