Banner rotativo

    Editorial

    0

    O Mosaico

    A eleição de 2018 criou um verdadeiro mosaico de partidos políticos nos cargos eletivos em disputa. O presidente da República, Jair Bolsonaro, com o lema “Brasil acima de Tudo. Deus acima de Todos”, levou uma legenda inexpressiva, o PSL, a uma potência eleitoral. Já na eleição de governadores as cores partidárias mudaram o cenário político com novos nomes sendo eleitos sem antes ter concorrido a nenhum cargo eletivo. Dos vinte sete cargos de governo de estado, estãotreze partidos representados com vitórias nas urnas. O PT, mesmo com a derrota na corrida presidencial, levou quatro estados, Bahia, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte. O PSDB ficou com apenas três estados, São Paulo, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. O MDB, também, encolheu, ficando com três unidades da federação, Pará, Alagoas e Distrito Federal. Já, o PSL de Bolsonaro chegou nesta eleição na frente em três estados, Santa Catarina, Rondônia e Roraima. O PDT foi outro partido que perdeu governadores ficando com apenas um, o Amapá. Outros cinco partidos, mantiveram a posição, o PSB com três estados, o PSD com dois estados e PC do B, PHS e PP, com um governo cada. Os partidos que se saíram bem nas urnas foram o DEM e o PSC que conquistaram dois governos e o Novo, com um estado. Antes, os três partidos não tinham governadores. Esta mistura de legendas, também, aconteceu no Congresso Nacional, com um mosaico de cores partidárias bem mais variado, onde expoentes históricos perderam a cadeira. Tudo indica que assim que os trabalhos legislativos começarem com as novas bancadas, o Brasil sentirá o impacto real das alterações de gestão e as novas diretrizes mudarão o comportamento do cidadão em relação à política, antes tão denigrida. Por sinal, o eleitor deu a resposta e pode se afirmar que esta foi à eleição do povo, da voz das manifestações nas ruas. São trinta partidos representados por deputados federais eleitos. Já no Senado Federal a representação é de vinte e uma siglas partidárias. A nova regra da clausula de barreira poderá mudar o mosaico e outras regras podem dar mais ou menos força política nesta combinação de cores políticas.

    PublicidadePrint

    Por Haroldo Wöhl

    *Os artigos e opiniões publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo necessariamente a opinião dos editores.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome