Banner rotativo

    Como me esquecer?

    0

    Minha vó sempre dizia que o tempo é o melhor remédio.

    Sei que você foi na farmácia e procurou desesperadamente um band aid de relógio, um analgésico tic-tac, um histamínico com ponteiros e que contasse o tempo bem rápido. Mas não encontrou.

    PublicidadePrint

    Não existe nenhum remédio, nem Bayer que dizem que é bom, nem genérico que faz de conta.

    Sei que ouviu os conselhos de seus amigos descolados, que preencheram o seu tempo com atividade física e chopp no bar. Sei também do seu novo affair, -coisinha-bonitinha-, e das suas tentativas no tinder, dando match adoidado. Mas vai por mim… Você não vai me esquecer assim e no fim da noite ainda vai querer me enviar uma mensagem.

    Os livros ajudam, ler é sempre bom, só não vale ficar pensando em qual eu te indicaria. Você nunca foi bom pra escolher livros, preferia a loja de brinquedos.

    Tem umas séries novas na Netflix, só não esqueça de apagar aquela que assistíamos juntos no sofá de casa, por enquanto ainda vai doer.

    Viajar também é bom. Tentar fugir dos ares que eu respiro e buscar novos ares é sempre positivo. Claro que vai imaginar o meu sorriso frouxo vendo ao seu lado as lindezas dessa vida, mas compartilhe esse momento com quem estiver contigo . Não feche os olhos, eu estarei lá!

    Pare de se perguntar como me esquecer e de me dar palco, pois nem na platéia estou mais. A cadeira está vazia, eu sei que dói e que ainda sente saudade, não adianta tentar colocar ninguém no meu lugar. Agora, eu serei sempre, o espaço vazio da sua vida.

    Admita…
    Que o que sentia era maior do que podia prever.
    Que minhas mãos fazem falta no seu corpo.
    Que seu cangote pede pela minha boca.

    Jogue fora.
    O óculos que eu deixei no seu carro.
    As lembranças de tudo que nunca fomos.
    As discussões que eu sempre ganhava.
    Nossos encontros entre amigos.
    E tudo que pensamos em fazer juntos e que não deu. Por pura burrice sua.

    Aceite o quanto foi especial.

    Eu sei que você vai lembrar de mim…

    Toda vez que for tomar um café.
    Toda vez que sentir o cheiro de bolo de fubá.
    Toda vez que precisar falar sobre a sua infância e precisar de alguém que se interesse pelas suas histórias.
    Toda vez que procurar o silêncio, mas precisar de alguém pra tagarelar.
    E será assim… Procurando respostas e deixando de perguntar. Aceitando o que fui e o quanto ainda sou, que compreenderás que dando tempo ao tempo, tudo se torna detalhe. E o detalhe de quando a gente ama é que a gente nunca esquece.
    O tempo transforma o amor em “quase” nada. Os detalhes vão sumindo, e a gente percebe que o “quase” também é um detalhe.

    Não adianta tentar me esquecer…
    No máximo, lá na frente, você vai superar.
    E por hora, superar já está de bom tamanho.

    …Durante muito tempo em sua vida, eu vou viver.
    Não, não adianta nem tentar me esquecer…

    Ps: Não ouça Detalhes. Pq os ” Detalhes tão pequenos de nós dois
    São coisas muito grandes pra esquecer
    E a toda hora vão estar presentes
    Você vai ver…”

     

    *Os artigos e opiniões publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo necessariamente a opinião dos editores.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome