Banner rotativo

    Anderson Silva volta ao octógono como azarão nas casas de apostas

    Aos 43 anos, o brasileiro terá pela frente o invicto Israel Adesanya; em caso de vitória, poderá disputar o cinturão

    0
    Neste sábado (09/2), o multicampeão Anderson Silva voltará ao octógono após dois anos afastado por ter sido flagrado em um exame antidoping, em novembro de 2017. A suspensão chegou ao fim em novembro do ano passado e o retorno do Spider se dará no UFC 234, em Melbourne, Austrália, contra Israel Adesanya, nigeriano 14 anos mais jovem do que o brasileiro.
    Apesar de ter um currículo com 34 vitórias e 8 derrotas, ter ficado 17 lutas invicto e ter defendido o cinturão 10 vezes, Anderson Silva é considerado o azarão da luta. Isso porque o adversário está invicto e soma 15 vitórias na carreira, sendo 13 por nocaute. Com esse retrospecto, Adesanya é o grande favorito e deixa Spider como um azarão nas casas de apostas.
    Segundo o site “BestFightOdds”, quem confiar na vitória do brasileiro pode lucrar até 280% em caso de resultado positivo. “Eu acho que cada atleta tem sua história e novos nomes vão surgir e fazer história também. É tudo uma questão de tempo para novos nomes surgirem”, comenta Anderson.
    A última luta de Anderson Silva foi em 11 de fevereiro de 2017, no UFC 208. Na ocasião, Spider venceu Derek Brunson por decisão unânime. Uma das motivações do brasileiro para voltar aos octógonos está na promessa de Dana White, presidente do UFC. O mandatário garantiu que, em caso de vitória, Anderson terá a oportunidade de disputar o cinturão dos pesos médios.
    Outro objetivo recente do atleta é se manter em atividade e poder disputar o card UFC 237, que será realizado em maio, no Brasil. A luta seria contra Nick Diaz, atleta que Spider enfrentou em 2015, depois de se recuperar da grave lesão que sofreu na perna esquerda. Na ocasião, o confronto terminou com a vitória do brasileiro, mas, como ambos os atletas foram reprovados no antidoping, a luta terminou sem vencedor.

    O ídolo

    O longo período afastado do UFC não diminuiu o status de ídolo de Anderson Silva. O atleta está há duas semanas na Austrália, para se adaptar ao fuso horário local, e vem recebendo o carinho dos fãs. “Não posso me comparar com Ronaldo ou Senna, não me comparo a ninguém. Mas sei que tenho muitos méritos dentro do esporte e a receptividade que tive aqui na Austrália, do outro lado do mundo, fala muito sobre isso”, analisa.
    Considerado a grande estrela do UFC 234, Spider tem a admiração até do adversário. Israel Adesanya já declarou que assistia às lutas do brasileiro e isso contribuiu para moldar sua forma de lutar. Apesar do respeito e de considerar Anderson Silva o maior de todos os tempos, o nigeriano confia na vitória por viver um momento melhor.
    *Estagiária sob a supervisão de Maria Eduarda Cardim (Especial para o Correio)
    Fonte: superesportes

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome