Banner rotativo

    Essa tal empatia

    0

    É necessário pensar no outro, saber da palavra do outro, acreditar entender tudo que o outro sentiu, interromper o outro para falar aquilo que acha que ele dirá, entender tudo o que ele disse. Repetir inúmeras vezes “Eu sei o que está passando” , “Já aconteceu comigo”, “Comigo foi pior”.

    A gente pensa que entende o outro colocando palavras na boca dele, tendo certeza do que é melhor pra ele, tendo todas as respostas para a vida dele e totalmente perdidos em nossa propria história.
    O outro é sempre o outro!!

    PublicidadePrint

    Tenho uma certa antipatia pela empatia. Simplesmente porque é impossível se colocar no lugar do outro.

    Temos uma tendência de colonizar o sujeito, partindo do princípio de que sabemos as respostas e o caminho da vida dele e que podemos ensiná-lo .

    O outro, de nada sabe!!
    E esse é o grande risco da empatia.

    Eu me visto com a pele do outro! -como-se-isso-fosse-possível-
    Penso que é na alteridade que se dá lugar à diferença que o outro porta pelo simples fato de existir. Penso que essa tal empatia pretende rescobrir essa diferença, na tentativa desenfreada de alongar o Um.

    Ora bolas… Eu sei que, como todo mundo, não sei muitas coisas e isso devia bastar!

    É na alteridade que sou capaz de apreender o outro na plenitude da sua dignidade, dos seus direitos, e sobretudo, da sua diferença.
    Você pode pensar que empatia é uma questão de generosidade. Mas só existe generosidade na medida em que eu percebo o Outro como Outro e a diferença dele em relação a mim.
    Assim sou capaz de entrar em relação com ele pela única via possível.
    A via do amor, através desta via, seguimos reconhecendo os direitos, respeitando numa expressão ética, resgatando o realce da dignidade como ser humano. Com diálogo e a escuta ativa ,com a capacidade de entender o outro a partir da sua experiência de vida e da sua interioridade.

    Pela via do amor compreendemos o outro sem superioridade e prepotência.
    Pela via do amor aprendemos a alteridade!!

     

    *Os artigos e opiniões publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo necessariamente a opinião dos editores.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome