Banner rotativo

    Cresce número de homicídios em Campo Largo

    0

    O número de homicídios no município de Campo Largo cresceu entre os anos de 2017 e 2018, segundo relatório estatístico criminal da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, divulgado nesta semana. De acordo com o levantamento, durante o ano de 2018, foram registrados 28 homicídios na cidade, contra 26 casos ano anterior. No ano passado, os meses com maior número de homicídios foi dezembro, com sete casos, seguido de janeiro e abril, com cinco casos cada um. Ainda de acordo com os dados da secretaria, em 2018 a cidade de Balsa Nova registrou quatro casos de homicídios.

    O número de homicídios registrado em Campo Largo no ano passado foi o mesmo que em Araucária e passou cidades como Fazenda Rio Grande e Rio Branco do Sul. As cidades com mais ocorrências desta natureza no ano passado foram Curitiba (293), São José dos Pinhais (69) e Colombo (61).

    PublicidadePrint

    Comparativo

    Apesar do número de homicídios de 2018 ter ultrapassado os casos de 2017, ele ainda é pequeno quando comparado aos crimes nos anos de 2016 e 2015. Em 2016, foram 46 casos e 59 casos em 2015.

    Mais dados

    O relatório mostra ainda, de acordo com o Governo do Paraná, queda no número de homicídios dolosos no Paraná. Em 2018 foram 1.955 casos, o menor índice desde 2007, ano em que os dados começaram a ser contabilizados oficialmente. A redução é de 10,6% em comparação a 2017, que registrou 2.187 ocorrências e era até então o menor número do período. Em relação a 2007, o resultado do ano passado representa queda de 26%. A taxa de homicídios por 100 mil habitantes foi de 17,22.  Em 2017 a taxa foi de 19,26.

    Dos 399 municípios do Paraná, 37% (146) não registraram homicídios entre janeiro e dezembro, e 28% (113) registraram apenas um ou dois homicídios no período. Os números foram divulgados pela Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape) da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária, nesta semana.

    Curitiba registrou 293 homicídios em 2018, uma queda de 21% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já na 2ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP) de São José dos Pinhais, que compreende 22 municípios da Região Metropolitana de Curitiba, a redução foi de 17,6%. A tendência foi vista também em outras 12 AISP.

    De acordo com o relatório, as maiores reduções ocorreram na 20ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP) de Londrina (-46%), com cinco municípios; seguida da 11ª AISP de Cascavel (-30%), com 22 cidades; da 19ª AISP de Rolândia (-24%), com 16 municípios; da 18ª AISP de Apucarana (-22,5%), com 26 cidades e da 23ª AISP de Jacarezinho (-21,8%), com 22 municípios da região.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome