Banner rotativo

    Cruzeiro enfrenta o Huracán e inicia caminhada na Libertadores para ‘reconquistar Santiago’

    0

    O Cruzeiro inicia nesta quinta-feira, às 19h, na Argentina, sua 11ª tentativa de conquistar o tricampeonato da Copa Libertadores. O duelo contra o Huracán, no estádio El Palacio, em Buenos Aires, é o primeiro do time celeste pelo Grupo B do torneio sul-americano. A conquista da competição é o sonho de consumo do elenco, da comissão técnica e da atual diretoria do clube, que faz questão de ressaltar em todas as oportunidades possíveis o objetivo maior de retornar ao Mundial de Clubes.

    Nesta temporada, a decisão da Libertadores será disputada em jogo único, no Chile. Por isso, o Cruzeiro lançou campanha para ‘reconquistar Santiago’. Foi naquele país, em 30 de julho de 1976, que o clube celeste levantou seu primeiro troféu da competição sul-americano. O título sobre o River Plate da Argentina, após a vitória por 3 a 2 no duelo de desempate, em campo neutro, colocou o Cruzeiro em outro patamar no cenário internacional.
    O início da caminhada do Cruzeiro não será com força máxima dentro de campo. Dois dos principais jogadores do elenco, o zagueiro Dedé e o meia Thiago Neves nem sequer viajaram para a Argentina. O primeiro cumprirá suspensão automática, uma vez que foi expulso no último jogo da edição de 2018 do torneio, no empate por 1 a 1 com o Boca Juniors, no Mineirão. Já o camisa 10 ainda readquire forma física após se recuperar de lesão na panturrilha direita.
    Na defesa, o substituto deverá ser o jovem Murilo, de 21 anos. Ele enfrentou uma série de críticas, depois de atuações inseguras, mas ganhará mais uma oportunidade do técnico Mano Menezes. Outra opção seria Fabrício Bruno, que retornou ao Cruzeiro em 2019 depois de duas boas temporadas servindo a Chapecoense. Já no meio-campo, Rodriguinho está confirmado na função de principal articulador do clube celeste.
    Se os substitutos de Dedé e Thiago Neves estão definidos, em outra posição a dúvida seguirá até minutos antes da partida. Marquinhos Gabriel e Rafinha disputam vaga no setor ofensivo, pela esquerda, com leve favoritismo para o primeiro, que foi titular nos últimos cinco jogos do Cruzeiro na temporada. Mais à frente, Fred estará de volta ao time e comandará o ataque. Artilheiro da equipe, ele destacou que a Libertadores é o “sonho de consumo” da temporada.
    “A Libertadores é um sonho de consumo para mim. Disputei algumas, não consegui conquistar. Estou tendo a chance de conquistar com uma equipe que tem peso quando entra, que é respeitada pelos adversários, acostumada a disputar a competição. Tentar usar esse peso da camisa do Cruzeiro para ser campeão e fazer gols, porque dá competição de ir ao Mundial. Vou tentar fazer gols e buscar esse título passo a passo”, disse o atacante.
    Transmissão inédita
    Pela primeira vez nesta Libertadores, uma equipe brasileira terá sua partida transmitida exclusivamente pelo Facebook. A companhia norte-americana adquiriu os direitos e terá exclusividade para mostrar o jogo entre Cruzeiro e Huracán nesta quinta-feira. As imagens estarão na página oficial do clube e na da Conmebol.
    Huracán
    Em crise, o Huracán vê no jogo contra o Cruzeiro a chance de se recuperar na temporada. No último jogo, derrota por 1 a 0 para o Patronato, pelo Campeonato Argentino, o time argentino completou o quinto jogo consecutivo sem vitória. São três derrotas e dois empates.
    No último jogo, o técnico Antonio Mohamed preservou os laterais Mancinelli e Chimino, o volante Damonte e o atacante Gamba, este autor de seis gols em 20 partidas no Campeonato Argentino. Todos eles estarão de volta ao time no duelo contra o Cruzeiro.
    HURACÁN X CRUZEIRO
    HURACÁN
    Silva; Chimino, Salcedo, Mancinelli e Alderete; Auzqui, Damonte, Rossi e Roa; Gamba e Lucas Barrios. Técnico: Antonio Mohamed
    CRUZEIRO
    Fábio; Edilson, Leo, Murilo e Egídio; Henrique e Lucas Romero; Robinho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel (Rafinha); Fred. Técnico: Mano Menezes
    Motivo: 1ª rodada do Grupo B da Copa Libertadores
    Local: El Palácio, em Buenos Aires, na Argentina
    Data e horário: 7 de março de 2019 (quinta-feira), às 19h
    Árbitro: Diego Haro (PER)
    Assistentes: Jonny Bossio e Jesus Sanchez (PER)
    fonte:superesportes

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome