Banner rotativo

    Anitta revela como seus pais lidam com sua bissexualidade e confessa que roubava namoradinhas do irmão na adolescência

    0

    Sincera! Na Espanha, Anitta está em uma divulgação caprichada de seu novo álbum visual, “Kisses”. Recentemente, a cantora apresentou o hino “Poquito” no programa “Fama a bailar”. E em entrevista publicada hoje (11) pelo site Shangay, a musa não só falou de sua carreira, como também se abriu sobre sua sexualidade, revelando como sua família reagiu à notícia de que ela é bissexual. Além disso, ela também revelou que, na adolescência, roubava namoradas de seu irmão, Renan Machado! É o poder desse veneno, “controlando tu cuerpo”…

    De acordo com Anitta, seus pais sabem há muito tempo de sua preferência por meninos e meninas: desde que ela tinha entre treze e quatorze anos. No entanto, isto nunca foi uma polêmica em sua casa. “Tive muita sorte com minha família. Não é que minha mãe ame esse fato, mas ela sempre me amou como eu sou, e ela me respeita. Meu irmão não se dava tão bem na adolescência, porque, às vezes, roubava suas pretendentes”, revelou para o site, rindo.

    PublicidadePrint

    Já em relação aos fãs, a cantora decidiu com cuidado como falaria sobre o assunto. “Bissexualidade tem sido uma realidade para mim há muito tempo, mais de dez anos. Escolhi o jeito certo de compartilhá-lo, porque não queria contar diretamente para a imprensa. Porque eles poderiam ter usado como eles queriam. A mídia está sempre procurando cliques e polêmicas, talvez eles a tivessem tratado de uma maneira que não fosse respeitosa”, confessou a voz de “Rosa”. E ainda acrescentou: “Eu queria contar isso com absoluta normalidade, porque é algo que qualquer um pode experimentar, e eu esperei pelo momento perfeito para fazê-lo. Agora estou em um lugar onde muitas pessoas me ouvem, e eu também queria aproveitar isso, para poder fazer a diferença”.

    Apesar de ser bem resolvida com sua sexualidade, Anitta admite que nunca teve um relacionamento duradouro com uma mulher. “É verdade que nunca tive um relacionamento duradouro com uma mulher … ou não me lembro. Vamos ver se agora alguém ofendido aparece dizendo que eu esqueci dela!“, disse, rindo. Ela também afirmou nunca ter usado deste detalhe sobre sua vida para promover seu trabalho: “Eu só quero que as pessoas vejam que é normal; sei que há pessoas que não têm coragem de dizer isso, mas não as julgo. Eu entendo que é difícil enfrentar”.

    No bate-papo com a publicação, a intérprete de “Atención” ainda falou sobre a importância de defender seu ponto de vista diante da situação do país, onde casos de preconceito e homofobia estão cada vez mais em evidência: “Não é algo que está acontecendo sozinho no Brasil, olha o que está acontecendo em Brunei, onde você pode matar pessoas LGBT com pedras. Que triste! É por isso que é tão importante enviar mensagens de amor. Meus amigos gays no Brasil têm medo do que pode acontecer, mas sabemos que somos muito fortes. Anitta ainda revelou suas preocupações com a política brasileira: “As pessoas que votaram no presidente [Bolsonaro] pensaram nas mudanças que isso poderia causar na economia, na educação e na luta contra a violência, e eu tenho que respeitar isso. O problema surge quando vemos que temos um presidente com preconceitos. E também estou muito preocupado com o meio ambiente, que as florestas amazônicas não são atendidas. Temos que cuidar do nosso mundo, ser gay, rico, pobre, religioso ou não…”.

    Apesar dos empecilhos, Anitta destacou que o mundo está mudando — lentamente, mas está. “Há dez anos, nós mulheres não tínhamos tanta liberdade; ainda há muito a ser feito, mas conquistamos mudanças importantes, e isso deve ser comemorado. Assim como, dez anos atrás, a situação da comunidade LGBT era muito pior; também há muito o que conquistar ainda, mas não podemos negar a evolução da sociedade”, afirmou.

    Mais uma vez, a cantora reiterou que pretende encerrar a carreira no topo, dentro de cinco ou seis anos, por conta do ritmo de vida exaustivo e de sua vontade de formar uma família: “Eu não quero continuar cantando toda a minha vida. Esta profissão é muito cansativa: muitas viagens, muita promoção … Eu não faço nenhum trabalho pela metade, eu coloco toda minha energia no que faço. Quero formar uma família, ter filhos … vou trabalhar como gerente, também sou empresária e no Brasil me dedico a outros artistas. Então eu vou fortalecer essa parte”.

     

     

     

     

     

     

     

     

    fonte:hugogloss

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome