Banner rotativo

    Das coisas que eu disse e que não quero que acredite

    0

    Estou escrevendo pra você pois, por vezes, quando vou falar as palavras tropeçam uma na outra e movida pela histeria de falar acabo falando coisas que coiseiam demais a nossa relação.
    Preciso que você saiba que eu espero que não tenha acreditado em todas as críticas que te fiz até hoje.

    Quando eu disse que na sua idade eu já tinha feito mais coisas que você, espero que não tenha acreditado. Quando eu disse que você precisava emagrecer, não era pra te chamar de gorda, era porque eu estava gorda na sua idade e como nunca ninguém me disse pra emagrecer, eu acabei engordando demais e demais e hoje mal consigo me olhar no espelho.
    Então, achei que te falando isso não acontecesse com você e pudesse ser mais feliz do que eu sou.

    PublicidadePrint

    Quando eu disse que te proibia de namorar e não queria você embasbacada com qualquer um, era só porque eu namorei tão, tão, tão cedo que não queria que você se entregasse para o primeiro Zé roela que aparecesse na sua vida como eu fiz com seu pai.

    Quando eu disse que os homens são todos iguais, não é porque os homens são todos iguais, eles não são. Eu que sempre apontei para o mesmo perfil e julguei todos da mesma forma.

    Me perdoe por ter dito que você era mentirosa e egoísta igual ao seu pai. Isso não é verdade, até porque seu pai não é um homem mentiroso, eu que idealizei as coisas que ele não podia realizar e também não tinha coragem de dizer que não conseguia. Ele também, não é egoísta sempre tentava vestir a fantasia que eu costurava pra ele, e deve ser, exatamente por isso, que não deu certo entre nós dois.
    Te ver assim, tão parecida comigo, me faz lembrar de quem eu era e de todos os sonhos que eu tinha na sua idade.
    É frustrante perceber que eu deixei a vida passar e não fiz nada daquilo que eu sonhava. Ao mesmo tempo, esse seu jeitinho de olhar me faz sentir esquisita, – igualzinho como seu pai me olhava e me fazia sentir-!

    Você é tão linda, mas tão linda, que fica difícil de acreditar que seu pai não era minha cara-metade. Você é a máxima expressão da perfeição, e como não te fiz sozinha, ( seu pai tem muita responsabilidade sobre isso) , fico pensando como ele foi tão irresponsável conosco e deixou nossa família ir embora. Era o amor que existia entre nós que me fazia sustentar toda aquela síndrome-de-lego-repleta-de-encaixes- da nossa família feliz igual comercial de pote de margarina. E quando me separei dele, precisei odiá-lo, não porque ele tenha sido um homem mal pra mim, embora, ainda bem que, no final ele tenha sido, porque assim eu pude odiá-lo. – (até nisso aquele desgraçado foi bom pra mim.)

    Quando eu digo que você é igualzinho ele, quero que saiba que na verdade você é muito melhor, e dele, tem as partes boas, tão boas como aquele maldito sorriso e é muito mais esperta que ele! (você insiste em não vestir nenhuma das fantasias que eu costuro).
    Eu sei que gritei várias e várias vezes que não queria ter conhecido seu pai. Na hora não percebia que ao gritar isso, estava também dizendo que não queria que você tivesse nascido.
    Eu queria conhecer seu pai, e pra sempre serei grata a ele por ter feito parte da sua construção, mas confesso que a ideia de vê lo assim, livre, solto, sem nenhuma responsabilidade, me gera um desejo enorme de amaldiçoá-lo.

    Eu, como mãe, nunca serei suficiente pra você, enquanto ele, com seu amor de pai, tão limitadinho, será sempre seu herói.

    Filha, amar seu pai foi uma escolha que eu fiz ainda muito nova, e também por ele ser muito novo e um tanto acomodado, se acomodou no meu amor. Agora, amar você nunca foi uma opção. Foi sempre algo maior do que eu. E te ver independente de mim, me dá notícias do quão desnecessária sou nessa vida.
    Então, quando eu me posicionar, preparada para jogar todas essas coisas sobre você, só acredite que você não deve acreditar em mim. Dessa vida, eu não sei de nada, tá!

    Ps1: Quando eu digo que seu pai não me amou, não acredite em mim. Ele me amou como jamais amará outra mulher.

    Ps2: Você está indo muito bem cortando o cordão umbilical. E é infinitamente melhor do que seu pai e eu, um dia, sonhamos ser.

     

    *Os artigos e opiniões publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo necessariamente a opinião dos editores.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome