Banner rotativo

    Pronto mãe! As meninas, estão dormindo, você já pode chorar! – Disse o “ homem da casa”

    0

    Ele ouvia toda noite sua mãe chorando logo depois que colocava as irmãs mais novas na cama.

    Era o ritual dela.

    PublicidadePrint

    Depois de um dia todo trabalhando, chegava em casa, tomavam café com pão feito pela vizinha, ajudava nas tarefas da escola, conversavam e tinham sonhos de uma vida melhor.
    As meninas dormiam esparramadas no sofá. Sofá azul claro de dois lugares que ela ganhou da vizinha. Ela sabia que as meninas estavam crescendo, quando olhava o sofá ficando pequeno para elas.
    Ele, Thiago, era o filho mais velho e o “ homem da casa “ – Tinha 9 anos e gostava de brincar de bolinha de gude com a piazada da rua. Vencia fácil aqueles piás do djanho.
    A gurizada achou estranho quando ele deixou de aparecer na rua, mas entediam, porque o Zezinho, melhor amigo dele, disse que agora ele era o “ homem da casa “ .
    Eles não entendiam exatamente o que fazia o “ homem da casa”, resolveram perguntar para o “Cabeça” ( apelido do Thiago ) quando fossem pra escola no outro dia de manhã.
    Só que Thiago não apareceu na escola aquele dia e nem no outro e no outro.
    Zezinho, achando tudo de uma estranheza absurda, esperou anoitecer e foi na casa do Cabeça.
    A vizinha contou que as irmãs do Cabeça estavam doente e ele precisava ajudar sua mãe, caso contrário, ela seria mandada embora do trabalho!
    Zezinho foi até a janela esperando o Cabeça aparecer, foi quando ele ouviu seu melhor amigo dizendo para sua mãe:
    – Pronto mãe, as meninas estão dormindo, você já pode chorar!
    Zezinho, então entendeu o que era ser o “ homem da casa”
    Foi rápido pra sua casa, chamou seu irmão mais novo, aumentou o volume da TV e gritou para a sua mãe que ela podia tomar banho. Sua mãe sempre chorava quando ia tomar banho, naquele dia não foi diferente, Zezinho pegou suas bolinhas de gude e guardou com carinho.
    Nem ele, nem Thiago, íam brincar mais.
    Eles eram os “ homens da casa “, já não eram mais crianças, precisavam segurar o tranco de saber a hora que suas mães podiam chorar.

    Ps: Qual a sua hora de chorar?
    Quando foi que você se tornou o “homem da casa?”.

     

    *Os artigos e opiniões publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo necessariamente a opinião dos editores.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome