Banner rotativo

    Cuba Gooding Jr. nega novas acusações de assédio, após ter sido preso e liberado; entenda!

    0

    A coisa está ficando feia para o Cuba Gooding Jr. Na semana passada, o astro se entregou à polícia e foi liberado, após ter sido acusado de assédio por uma mulher. Pouco depois, a blogueira Claudia Oshry relatou um caso de assédio que aconteceu quando ela tinha apenas 16 anos! E nesta segunda-feira (17), o E! News revelou que a defesa do ator negou o crime, assim como já havia feito com as primeiras alegações.

    Depois das acusações de Claudia, o advogado de Gooding, Mark Heller, transmitiu a declaração do ator. E segundo ele, Cuba não só alegou que não estava envolvido nessa história, como defendeu que nem mesmo conhecia a moça. “Cuba diz que esse incidente nunca aconteceu e que não tem nenhuma recordação desse indivíduo também”, afirmou Heller.

    PublicidadePrint

    No último dia 12, Oshry expôs sua história em seu podcast, relatando que isso marcou sua vida. “Tem pessoas que são realmente vítimas [de violência sexual] que eu nunca me compararia com elas. Mas sim, quando eu estava no ensino médio – eu tinha 16 anos, p***a – Cuba Gooding Jr. colocou seu dedo na minha nádega, e eu me senti furiosa…. E agora, isso se tornou, tipo, uma parte do que eu sou. Uma parte da minha história”, contou Claudia, no “The Morning Toast”.

    Ainda durante seu programa de áudio, a blogueira explicou que teve medo de denunciar na época. “Eu sei porque eu não fui à polícia, porque eu era tipo uma criança, que tinha 16 anos, menor de idade numa balada e pensei que teria problemas por estar lá… Então só calei a minha boca”, declarou. Mas ela reconhece a coragem da mulher que o denunciou desta vez. “Que bom para essa garota”, opinou ela. “Porque quantas pessoas mais ele vai apalpar antes que uma delas chame a polícia?? A minha foi há 10 anos atrás”.

    Na última quinta (13), Cuba se entregou à polícia norte-americana devido à grave acusação de outra mulher que alega que o astro a apalpou indevidamente. Depois de ter se declarar inocente, ele foi liberado pelas autoridades e agiu de maneira pouco convencional com a mídia.

    No mesmo dia, o TMZ divulgou um vídeo em que é possível ver Cuba apalpando a coxa e o seio da mulher que o acusa de assédio. O caso aconteceu no domingo (9), em uma festa em Nova York. O artista estava embriagado e acompanhado da esposa na ocasião. A suposta vítima deixou o local assim que ocorreu os toques indevidos. Segundo o site, ela ligou para o serviço de emergência pouco tempo depois. Confira o vídeo:

    Sem precisar pagar fiança, Cuba Gooding Jr deixou a delegacia e resolveu falar com a imprensa, mas de forma quase que enigmática. “Foi um longo dia“, começou o ganhador do Oscar. Perguntado se ele negava as denúncias feitas pela mulher, o artista apenas usou a cabeça para responder que sim.

    Pressionado pela chuva de questionamentos dos repórteres que pediam para ele se pronunciar sobre algo relacionado à situação da mulher que estava o denunciando, Cuba mandou um recado sem sentido. “Fique bom, Big Papi“, falou fazendo referência ao jogador aposentado do time Boston Red Sox, David Ortiz, que levou um tiro em uma tentativa de assalto recentemente.

    O advogado do ator afirma que o próprio vídeo de vigilância do local irá inocentá-lo de todas as acusações e que tudo não passa de um mal entendido. Cuba precisará voltar ao tribunal no dia 26 de junho para dar mais explicações sobre o caso.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    fonte:hugogloss

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome