Banner rotativo

Nos Bastidores da Política

0

Um dos candidatos a prefeito  de Campo Largo deve vir do partido do governador Ratinho Junior, o PSD e outro candidato deve sair das fileiras do DEM do prefeito Marcelo Puppi. Parece que isto já são favas contadas. Mas uma análise precisa ser feita sobre o choque eleitoral de 2016, quando aconteceu o confronto entre Affonso Guimarães (PSD) e Marcelo Puppi (DEM). O time liderado pelo DEM venceu as eleições numa frente de “partidos de oposição” e com muitas promessas para uma “Nova Campo Largo”. Passados os dois anos e meio da gestão “Democrata”, muita gente ou melhor, pessoas do “STAFF” de Marcelo Puppi abandonaram a administração pelas mais diferentes razões. Os compromissos assumidos perante os partidos aliados não deram os frutos esperados. Basta analisar um documento, intitulado “Manifesto da Esperança”.  A redação do texto idealizado pela turma de Marcelo Puppi e Maurício Rivabem não precisa de comentários. A população pode tirar as suas conclusões diante da administração “RETRO”.

 

PublicidadePrint

*Os artigos e opiniões publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo necessariamente a opinião dos editores.

WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

Deixe seu comentário

Favor escrever seu comentário
Favor colocar seu nome