Banner rotativo

    O ballet como atividade física

    0

    A atividade física é essencial para todos que desejam ter uma boa qualidade de vida. Ela é capaz de melhorar a estética corporal e a autoestima, diminuir sintomas da depressão, aumentar a capacidade de se socializar com a família e amigos, prevenir doenças como a diabetes e o câncer e evitar a obesidade.

    Que o ballet é um tipo de dança nós já sabemos. Mas ele vai além da sua essência central, que é a arte, sendo considerado, também, uma atividade física, podendo ser até mais completo que a natação em relação aos benefícios.

    PublicidadePrint

    Quer conferir alguns bons motivos para você iniciar no ballet? Então, continue a leitura!

    1. Flexibilidade corporal
    Os exercícios do ballet exigem grande amplitude nos movimentos. Por esse motivo, a dança acaba por trabalhar e alongar os músculos. Isso evita que eles se “encurtem”, o que diminui o risco de lesões musculares.

    2. Postura
    O ballet trabalha bem as regiões do abdômen, das costas e do peito. Esses músculos estão sempre contraídos e alinhados durante a atividade, o que proporciona um maior equilíbrio corporal e uma postura sempre correta, inclusive fora do palco.

    3. Respiração
    A eficácia do sistema respiratório é outra vantagem ao se praticar ballet. Os exercícios são baseados em saltos e movimentos de sustentação, que possibilitam o máximo proveito do diafragma durante a respiração. Haja fôlego!

    4. Bem-estar
    O ballet é praticado ao som clássico, que é calmo e elegante. É uma das poucas atividades físicas que trabalham em conjunto com a música. Esse fato faz com que o corpo libere endorfina, que, por consequência, causa uma boa sensação, bom humor e uma autoestima elevada.

    5. Desenvolvimento muscular
    Se engana quem acha que praticar ballet não cansa. A dança consiste em movimentos sutis e suaves, que aos olhos de quem apenas observa parece uma ação fisicamente não desafiadora.

    Devido a essas características, os músculos do dançarino passam constantemente por períodos de força e resistência. Além disso, a atividade é executada como se realmente não houvesse esforço, o que possibilita um crescimento muscular razoavelmente bom.

    6. Definição abdominal
    O ballet queima calorias por ser uma atividade que exige uma boa dose de esforço físico. Há exercícios que trabalham bem o abdômen, além de ele estar constantemente contraído durante a dança. Tudo isso favorece a queima de gordura e a definição corporal de modo geral.

    7. Coordenação motora
    Praticar ballet é uma atividade sempre desafiadora. Os movimentos são variados e vão desde o básico até os mais avançados. O bailarino sempre está evoluindo e isso exige de sua parte agilidade e coordenação motora apurada, que são desenvolvidas ao longo da sua jornada.

    O praticante também aumenta sua capacidade de concentração, controle mental, disciplina e consciência corporal, já que, durante os exercícios, é possível sentir cada região muscular que está sendo trabalhada.

    Embora muitas pessoas associem o ballet com as crianças, a dança pode ser praticada sem problema algum por adolescentes e adultos. Devido aos benefícios citados, como o trabalho e movimentação do corpo como um todo, é, inclusive, encorajado que você pratique essa atividade física.

    Fonte de pesquisa: paixão pela dança

     

    *Os artigos e opiniões publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo necessariamente a opinião dos editores.

     

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome