HarmonyOS é o sistema operacional da Huawei que pode substituir Android

    0

    Depois de muitos rumores nos últimos meses, a Huawei aproveitou sua conferência para desenvolvedores e oficializou o HarmonyOS (também chamado de HongMeng OS), seu sistema operacional que roda em diversos dispositivos e, em caso de emergência, também pode ser utilizado para substituir o Android.

    Segundo a fabricante chinesa, o novo sistema está em desenvolvimento desde 2017 e será lançado primeramente em uma linha de TVs da submarca Honor. Dentro de três anos, o objetivo é equipar todos os dispositivos conectados com o OS, incluindo produtos para casa, smartphones, vestíveis, computadores e até carros.

    Durante a apresentação do HarmonyOS, o CEO da Huawei Consumer Business Group, Richard Yu, revelou que o sistema é baseado em um microkernel que usa o mínimo de recursos possível e promete garantir mais velocidade e o mínimo de latência na hora do uso. O objetivo da empresa é lançar o sistema operacional de forma aberta, com suporte para linguagens de programação incluindo C/, C++, Java, JavaScript e Kotlin. Tudo isso, porém, só deve chegar na versão 2.0 do OS, que tem lançamento previsto para 2020.

    Diferente do Android e do iOS

    A Huawei explicou que os desenvolvedores poderão criar aplicativos para o HarmonyOS e flexibilizá-los para diferentes dispositivos com facilidade. Segundo Yu, essa característica torna a nova solução completamente diferente do Android e do iOS. “Você pode desenvolver seus apps uma vez e, em seguda, implantá-los em vários dispositivos diferentes”, explicou o executivo. O conceito da solução lembra do Fuchsia, uma das principais apostas da Google para o futuro.

    Segundo o GSM Arena, o executivo da Huawei também disse que, teoricamente falando, o HarmonyOS pode substituir o Android, mas isso só será feito em casos extremos, já que a plataforma ainda não está madura o suficiente. Caso novas complicações diplomáticas apareçam, porém, a firma promete que pode migrar seus usuários em alguns dias para o novo sistema.

    O objetivo da Huawei para o futuro é montar uma comunidade e trazer grande parte dos apps do Android para o seu sistema operacional, mas isso vai depender da vontade dos desenvolvedores. Porém, levando em conta que firma é a segunda maior fabricante de smartphones do mundo, quem sabe não seja tão difícil chamar a atenção dos criadores de aplicativos.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    fonte:tecmundo

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome