O que esperar do evento que a Apple marcou para esta terça, dia 10?

    0

    Faltam poucas horas para o tão esperado evento anual da Apple, quando a empresa anuncia novos e produtos e serviços. Para 2019, esperamos conhecer coisas como o iPhone 11 e o iOS 13.

    Desde o fim do ano passado, vários rumores começaram a circular sobre os futuros lançamentos e, à medida em que a data se aproxima, mais possíveis informações vão sendo reveladas a todo instante.

    Os produtos e serviços mais esperados são os novos iPhones, iPads, Apple Watch e o iOS 13, claro. Mas, enquanto o dia não chega, preparamos um apanhadao com os rumores que temos até então. O que podemos esperar da Apple neste próximo evento? Confira abaixo:

    Apple Watch

    Rumores apontam para a chegada de um recurso de rastreamento do sono no Apple Watch, com lançamento previsto para a próxima semana, no dia do evento. A novidade deve se chamar “Time in Bed”, ou “Tempo na Cama” na tradução literal, e será capaz de armazenar dados importantes do usuário durante o sono. Mas, para isso, será preciso dormir com o Apple Watch no pulso.

    Parece também que a opção não precisará de um hardware especial para funcionar, e que o monitoramento será feito com a ajuda de sensores e dados de entrada, captando batimentos cardíacos e movimentos do corpo.

    Também foi identificado em uma versão beta do novo watchOS que, possivelmente, a Apple vai lançar novos modelos do relógio feitos em titânio e em cerâmica. A companhia não produz um Apple Watch de cerâmica desde a série 3, que foi a segunda a contar com o material. Já o relógio de titânio será inédito, se o rumor for confirmado.

    iOS 13

    Com as versões beta do iOS 13 sendo lançadas praticamente todo mês, talvez não será nenhuma surpresa o que for apresentado no evento sobre o sistema operacional. O que sabemos até então, com base nos rumores, é que o iOS 13 deve descontinuar o recurso 3D Touch para dar lugar ao Haptic Touch, apresentado pela primeira vez no iPhone XR.

    A diferença entre o 3D Touch e o Haptic Touch, no entanto, é mínima. Enquanto na primeira versão era preciso um toque longo aplicando uma certa força no dedo na tela, com a nova o acesso ao menu pode ser feito apenas com o toque longo.

    Foi ainda encontrado nos betas do iOS 13 um recurso que faz o rastreio da localização de um hardware chamado Apple Tag, que pode ser anexado a itens pessoais, como chaves, que serão rastreados caso sejam perdidos. Rumores indicam que será possível acionar alarmes nesta Tag, fazendo com que o dispositivo comece a apitar quando estiver em áreas desconhecidas.

    Outro rumor relacionado ao iOS 13 é que um problema no FaceTime deverá ser corrigido. Um dos recursos encontrados na versão beta do sistema operacional é o de contato visual, fazendo com que a pessoa na câmera pareça que está olhando diretamente nos olhos de quem está do outro lado.

    No entanto, a novidade não funciona tão bem assim. Segundo alguns usuários que testaram a função, a imagem não fica nada realista, parecendo até mesmo que olhos falsos foram inclusos na tela. Ao que tudo indica, esse problema pode ser corrigido pela Apple quando o recurso for lançado oficialmente, junto aos nomes dos dispositivos que terão suporte a isso.

    Novos iPhones

    De acordo com os rumores, a Apple deve lançar três iPhones no total, sendo um iPhone 11 e um 11 Pro, que irão substituir o iPhone XS e o iPhone XS Max, contando com câmera tripla traseira. Já o terceiro modelo deve substituir o iPhone XR e contar com duas câmeras na parte de trás, possivelmente batizado como iPhone 11R.

    Os modelos Pro ainda podem contar com lentes “wide”, suporte para fotos em maiores resoluções, maior performance em pouca luz e melhores capacidades para a gravação de vídeos. Estes iPhones devem ter ainda o suporte para o carregamento sem fio, um novo sensor de Face ID multiângulo, maior resistência à água e quedas, além de suporte para o Apple Pencil.

    Os aparelhos ainda devem chegar com processador A13 mais veloz, além de um novo chip Matrix para aprimorar a performance de visão computacional e realidade aumentada dos iPhones.

    iPads

    A Apple deve lançar dois iPads Pro neste ano, um de 11 polegadas e outro de 12,9, contando com câmeras aprimoradas e processadores mais velozes. Rumores indicam ainda que o iPad de 9,7 polegadas será descontinuado para dar lugar a um novo modelo de 10,2. Não há, no entanto, mais detalhes sobre as especificações dos novos tablets.

    MacBook Pro

    Em relação ao MacBook Pro, um novo modelo de 16 polegadas deve ser anunciado neste ano, mas com o mesmo tamanho da versão anterior, de 15 polegadas. A tela é maior, no entanto, pois deve ganhar bordas ainda mais finas.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    fonte:canaltech

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome