Banner rotativo

    De quem é a responsabilidade? 1º da família!

    0

    É muito bom começar mais um mês com a nova série de estudos para a família e escola! Celebramos, em Outubro, o dia das crianças e do professor. Nesse sentido, discutiremos alguns pontos em comum na dinâmica familiar e escolar que influenciam no rendimento das crianças. Estes textos pretendem apresentar três esferas de responsabilidade da aprendizagem: família, filho/aluno e professor.

    FAMÍLIA: somente os pais são responsáveis por prover as condições adequadas para o crescimento e desenvolvimento saudável de uma criança, seja por meio da alimentação, saúde ou educação. A escolha e envio dos filhos para uma escola deve estar associada ao trabalho de parceria e transferência da autoridade, por meio da confiança, não a uma entrega total para que a escola assuma esse compromisso. O engajamento familiar potencializa a aprendizagem e une os agentes de ensino (família e escola).

    PublicidadePrint

    Dois desafios são apresentados:

    1.a) tarefas de casa: nunca facilite esse momento para a criança, pelo contrário, envolva-se de modo a conhecer suas dificuldades e facilidades. Não associe esse compromisso a um castigo ou fardo porque os filhos poderão entender que “fazer a tarefa de casa” é uma punição ou consequência negativa para um erro. Construa rotinas de estudo com horários fixos, com isso é possível evitar a ansiedade e atritos, pois o cumprimento dos acordos trazem benefícios para todos. Exija um trabalho bem elaborado, com erros corrigidos e respondidos pela criança, mesmo que com algumas falhas. O acompanhamento familiar não pode ficar restrito aos dias de entrega de boletim ou relatório escolar, como se o único fator de sucesso ou fracasso fosse uma nota.

    ba11d490-1389-466a-9fc3-3f92b9b8012c

    2.b) receber críticas: as escolas têm a prática de entregar feedbacks para as famílias sobre o desempenho dos alunos e apresentar pontos de melhoria. Por vezes, pais não aceitam as dificuldades e rejeitam o compromisso de corrigir comportamentos, palavras, pensamentos ou lacunas na aprendizagem. Quando os pais estão abertos e conscientes dessa responsabilidade, a escola confia de que essa parceria implicará em resultados positivos. Escolha pelo diálogo sincero e humilde para compreender os motivos que levaram à escola a apresentar o que precisa ser ajustado, lembrando-se de quem é o alvo de melhoria: o aluno/filho.

    Semana que vem analisaremos os aspectos fundamentais da responsabilidade dos filhos e alunos, entendendo a relevância de cumprir com excelência cada função.

    Murilo Tchmola

    Texto: Murilo Tchmola
    Coordenador pedagógico e professor na escola Lighthouse.

     

     

     

    *Os artigos e opiniões publicados são de inteira responsabilidade dos autores, não refletindo necessariamente a opinião dos editores.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome