Cão-robô já é utilizado em operações pela polícia americana

    0

    A Polícia Estadual de Massachusetts (MSP, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, tem contado com uma ajuda tecnológica em diferentes tipos de operações nos últimos meses. Trata-se do Spot, um cão robô que pode desempenhar várias funções, tendo inclusive a capacidade de abrir portas como um ser humano, segundo o Gizmodo.

    Criado pela empresa de engenharia robôtica Boston Dynamics, o robô de quatro patas pesa em torno de 27 quilos, é capaz de correr a uma velocidade de 4,8 km/h e pode transportar cargas de até 13,5 kg, além de contar com um braço especial que se estende da sua cabeça para realizar algumas tarefas, como a já citada abertura de portas.

    O modelo, que tem uma bateria com duração de 90 minutos, câmera de 360 graus e vários sensores espalhados pelo corpo, estaria sendo utilizado para fazer observações remotas, conforme a publicação, apesar de a polícia não ter passado nenhuma informação oficial a respeito das funções desempenhadas pelo cão robô.

    boston

    Este sigilo em torno da utilização do aparato tecnológico pelas autoridades policiais tem gerado debates nos EUA, principalmente depois de a União Americana das Liberdades Civis de Massachusetts (ACLU) divulgar documentos mostrando que o Spot teria se envolvido em dois incidentes policiais, ainda de acordo com o Gizmodo.

    Cão robô está à venda para empresas

    Além de funcionar como uma versão canina do Robocop, famoso personagem do filme dos anos 1980 em que um ciborgue é criado para combater o crime em Detroit, o cão robô da Boston Dinamycs também pode ser usado por empresas, mas apenas para finalidades profissionais.

    Ele possui a habilidade de se locomover em qualquer terreno, desviar de obstáculos e estar em ambientes com temperaturas extremas, além de ser customizável — tanto em relação ao software quanto ao hardware.

    O preço do “cachorro cibernético” não foi divulgado pela fabricante.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    fonte:tecmundo

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome