Banner rotativo

    Cardápio em braile é obrigatório em bares e restaurantes de Campo Largo

    0

    Uma lei municipal obriga restaurantes, bares, lanchonetes e hotéis de Campo Largo a terem pelo menos dois cardápios em braile para atender aos clientes com deficiência visual. A Lei 3121/2019, em vigor desde ano passado, é de autoria da vereadora Bete Damasceno.

    WhatsApp Image 2020-02-10 at 12.51.00
    A vereadora Bete explica que a ideia do projeto é dar mais acessibilidade e independência para pessoas com deficiência visual na hora de fazerem seus pedidos em lanchonetes e restaurantes da cidade, por exemplo. Segundo ela, a tarefa supostamente trivial de pedir uma refeição em um restaurante ou lanchonete pode se revelar extremamente complexa e constrangedora para outros tantos, devido a falta de material apropriado ao manuseio e a dificuldade de leitura do menu por parte das pessoas com deficiência visual.
    Bete, que já teve restaurante na cidade, diz que os estabelecimentos comerciais não precisam lançar mão de grande investimento para disponibilizar o cardápio em braile. Segundo ela, o cardápio pode ser mais simples e ser impresso, inclusive, em algumas instituições da cidade.
    A fiscalização do cumprimento da lei deve ser feita pelo Executivo Municipal. Quem desrespeitar a legislação pode sofrer penalidades que vão de advertência à multas e cassação do alvará de funcionamento.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome