Banner rotativo

    Enfermeiros: Heróis na pandemia

    0

    Heróis, anjos da guarda, guerreiros: essas são algumas palavras que descrevem os enfermeiros. No dia 12 de maio, esses profissionais foram homenageados pelo mundo inteiro, quando foi celebrado o Dia da Enfermagem.

    Em tempos de pandemia do novo coronavírus, os profissionais da Enfermagem enfrentam um dia-a-dia desafiador, como conta Lídia Ferreira, gerente de Enfermagem – RT (Responsável Técnica), que atua há 14 anos no Hospital do Rocio de Campo Largo. “É um desafio gigantesco frente ao desconhecido. Não sabemos até quando teremos que enfrentar essa pandemia. Mas com certeza, Deus nos fortalece para enfrentar todas as dificuldades, anseios e medos que possam surgir nesse combate”, afirmou Lídia.

    PublicidadePrint

    Para ela, ser enfermeiro vai muito além do cuidado. “Ser enfermeiro é sacerdócio, é doação, dedicação. E principalmente, é amar o que faz em prol do paciente”, disse.

    A profissão exige muita garra, coragem e determinação; porém, é gratificante. “Principalmente quando a evolução do cuidado com o paciente é positiva, é muito gratificante. A recompensa é a gratidão das pessoas que são assistidas e obtém a cura de sua enfermidade”, afirmou Lídia. “Deixo as minhas sinceras homenagens a todos os enfermeiros e enfermeiras, técnicos em enfermagem, auxiliares de enfermagem – a todos os heróis que estão na linha de frente para nos defender”, completou.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome