Banner rotativo

    Boletim 24 de junho de 2020 – Comitê de Prevenção ao Coronavírus

    0

    O Comitê de Prevenção ao Coronavírus da Prefeitura Municipal de Campo Largo informa que nesta quarta-feira foi confirmado mais um óbito de morador do município em decorrência da COVID-19. A sexta vítima fatal da COVID-19 em Campo Largo foi um homem de 74 anos, que faleceu ontem (23). Ele estava internado e possuía comorbidades.

    O município chega aos 260 moradores com COVID-19. Os dez novos pacientes têm idades entre 26 e 77 anos, são cinco homens e cinco mulheres, sendo que oito deles estão em isolamento domiciliar e sendo monitorados, um está internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e um está internado em leito clínico (enfermaria).

    PublicidadePrint

    O combate à pandemia depende de esforços do poder público e da comunidade. Neste momento cada escolha individual é significativa para a preservação da saúde e da vida de toda a comunidade. O isolamento social é considerado o mais eficaz método de combate à disseminação do vírus, assim como a rotina de higienização de mãos.

    Está em vigor o Decreto Metropolitano com novas medidas de enfrentamento à pandemia, com ações voltadas à restrição da circulação de pessoas e combate às aglomerações. As medidas restritivas estarão em vigor por 14 dias, podendo ter o prazo alterado dependendo dos indicadores epidemiológicos.

    Dos moradores do município que receberam a confirmação de COVID-19, 106 estão recuperados, 137 estão em isolamento domiciliar e sendo monitorados, três estão internados em leitos clínicos (enfermarias) e oito estão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Ocorreram seis óbitos (nos dias 23/06, 17/06, dois óbitos no dia 16 de junho e nos dias 08 e 14 de abril). Outros 312 casos suspeitos aguardam o resultado do exame.

    Há outras 12 confirmações de contaminação por COVID-19 que ainda não constam no relatório. Estas confirmações foram obtidas através de testes rápidos que ainda não são reconhecidos pelo Ministério da Saúde, apesar de já contarem com a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para venda. Os exames foram realizados em laboratórios particulares e os resultados serão incluídos no relatório oficial de casos confirmados do município assim que o Ministério da Saúde reconhecer a validade dos exames realizados. A Secretaria de Saúde de Campo Largo também faz o acompanhamento destes pacientes. Há ainda outros 597 casos suspeitos sem coleta de exame e com orientação de isolamento domiciliar – destes, 566 já tiveram alta do isolamento domiciliar.

    WhatsApp Image 2017-11-21 at 14.32.36

    Deixe seu comentário

    Favor escrever seu comentário
    Favor colocar seu nome